Cante-Alentejano_peq
“Cante Alentejano” à sombra de uma oliveira com… 2451 anos! | 11 de Novembro de 2014

Investigadores da Universidade de Trás-os-Montes e Alto Douro dataram e certificaram, em 2013, esta grandiosa oliveira alentejana com a bonita idade de 2450 anos. É a segunda árvore conhecida mais antiga de Portugal. Ganha 437 anos à idade de Cristo e 870 à idade da Nação. Sobreviveu aos povos invasores, bárbaros ou refugiados, que ao longo dos séculos pisaram este chão: primeiro os celtas, depois iberos, lusitanos, celtiberos, cónios, romanos, visigodos, alanos, árabes, franceses. A todos resistiu. Como resistiu às inclemências dos tempos, graças às raízes fundas, poderosas, que criou. Raízes que são um baluarte de resistência que lhe permite ainda desafiar o futuro, exibindo, orgulhosamente, uma vasta, profícua e rejuvenescida ramagem, e, acima de tudo, uma imensa produção de azeitona que resulta num azeite de elevada qualidade. Uma bela lição de vida, para um país à deriva, envelhecido, que ignora e negligencia as suas raízes, e deixa secar a ramagem sem lhe dar condições de frutificar.
Como a imagem mostra, à sombra desta majestática oliveira entoa-se o “Cante Alentejano”, que é candidato à classificação de Património Imaterial da Humanidade pela UNESCO. A prova de que tudo o que é antigo é nobre. Saibamos vergar-nos a esta nobreza!

cerimoniaCertificação
Cerimónia de Certificação de Oliveiras

No passado dia 18 de Dezembro deu-se início à cerimónia de certificação de 7 oliveiras compreendidas entre 400 e 2500 anos, oliveiras essas inseridas nos 7 hectares da propriedade do magnífico Hotel Rural Horta da Moura em Monsaraz****.
Na foto a Ex.ma Senhora Doutora Luísa Paiva dos Santos, proprietária da unidade hoteleira, o Ex.mo Senhor Presidente da C.M. de Reguengos de Monsaraz Doutor José Calixto, Soares dos Reis em representação da U.T.A.D e da empresa Oliveiras Milenares.

Oliveira Milenar no Hotel Rural Horta da Moura
Oliveira Milenar no Hotel Rural Horta da Moura

Datada com uma precisão de 98% por Soares dos Reis em conjunto com Universidade de Trás-os-Montes e Alto Douro, esta oliveira com 2450 anos vem “acrescentar” mais uma estrela ao magnífico Hotel Rural Horta da Moura na aldeia mais típica de Portugal, Monsaraz. Ocupa o 2º Lugar do ranking das oliveiras mais antigas conhecidas em Portugal, são necessárias 7 pessoas para a abraçar.

Imprensa Nacional

Árvores seculares para atrair ecoturismo
Árvores seculares para atrair ecoturismo

O sobreiro mais produtivo do Mundo, datado de 1783 e capaz de gerar 100 mil rolhas a partir de Águas de Moura, Palmela, ou a oliveira com 2850 anos de Santa Iria de Azóia são apenas dois dos exemplos de árvores monumentais que Portugal possui…
Ler mais…

mestrado
UTAD desenvolve método único no Mundo

José Luís Louzada, 49 anos, Engenheiro e professor do departamento Florestal da Universidade de Trás-os-Montes e Alto Douro foi coordenador na investigação do método de datação de árvores até aos 3 mil anos…
Ler mais…

oaz
Oliveira com 460 anos certificada pela universidade de Trás-os-Montes

A oliveira, árvore com 460 anos, situada em frente à câmara de Oliveira de Azeméis, foi a primeira unidade, no país, a ser certificada mediante o novo método de datação de árvores desenvolvido por investigadores da Universidade de Trás-os-Montes e Alto Douro (UTAD)…
Ler mais…

olivo
UTAD inventou método para datar árvores com idades até três mil anos

A Universidade de Trás-os-Montes e Alto Douro (UTAD) vai lançar nos próximos dias um método único no mundo para datar árvores idosas, podendo chegar aos três mil anos. A patente acaba de ser registada em nome desta Universidade e do empresário André Soares dos Reis, proprietário do Grupo…
Ler mais…

logoPublico
Novo método permite calcular a idade de árvores antigas

Universidade e empresário juntaram-se e o resultado é uma patente.
Ler mais…

cm_Logo
Oliveira com 1098 anos certificada em Évora

Uma oliveira do Convento do Espinheiro, luxuoso hotel em Évora, recebeu ontem o certificado que estebelece a sua idade, 1098 anos….
Ler mais…

solImg
Oliveiras Milenares com BI – Jornal SOL

A pedido de uma empresa do Alentejo especializada na recuperação e datação de oliveiras centenárias e milenares, a UTAD conseguiu o impossível…
Ver pdf…

utadImg
UTAD desenvolve nova técnica de datação de árvores – cienciahoje.pt

Um novo método de datação de árvores até aos três mil anos foi desenvolvido por investigadores da Universidade de Trás-os-Montes e Alto Douro (UTAD), em parceria com a empresa Oliveiras Milenares. Trata-se de um modelo inovador que, ao contrário dos tradicionais, não põe em risco a sanidade…
Ver pdf…

DN
Datar as árvores sem as danificar – DN

A Universidade de Trás-os-Montes e Alto Douro criou um novo método de datação de oliveiras mais eficaz e que não implica o seu abate ou danificação…
Ver pdf…

Oliveira-com-1098
Oliveira com 1098 anos certificada em Évora

Uma oliveira do Convento do Espinheiro, luxuoso hotel de Évora, recebeu ontem o certificado que estabelece a sua idade: 1098 anos. A datação foi atribuída pela Universidade de Trás-os-Montes e Alto Douro (UTAD), entidade nacional com competência…
Ver pdf…

ModeloInovador_Imprensa
Modelo inovador, único no mundo: UTAD inventou método para datar árvores até três mil anos

A Universidade de Trás-os-Montes e Alto Douro (UTAD) vai lançar nos próximos dias um método único no mundo para datar árvores idosas, podendo chegar aos três mil anos. A patente acaba de ser registada em nome desta Universidade e do empresário André Soares dos Reis…
Ver pdf…

a_matematica_das_oliveiras
A Matemática das Oliveiras

José Lousada desenvolveu um modelo matemático que permite relacionar a idade com a dimensão. Depois de dois anos de investigação, a Universidade de Trás-os-Montes e Alto Douro (UTAD) conseguiu…
Ver pdf…

artigo-do-jornal
A Empresa liderada por jovem bustelense ofereceu uma oliveira secular ao município

Conhecida cientificamente como Olea europaea L., a Oliveira para além de ser parte integrante do nome do nosso concelho é considerada o símbolo universal da Paz. Muitos leitores já terão reparado no exemplar…
Ver pdf…

 

Imprensa Internacional

Lousada_mini
Un nuevo método permite garantizar la edad de los olivos milenarios

27/08/2015 – El investigador José Luis Penetra Cerveira Lousada, de la Universidad de Trás-os-Montes e Alto Douro (Vila Real, Portugal), ha patentado junto a su equipo un nuevo método que hace posible garantizar la edad de olivos y castaños milenarios….
Ler mais…

cnn-logo
Olive Tree with 2850 years in Santa Iria de Azóia , Portugal

Santa Iria de Azóia, is a small village located 7 kms to North of Lisbon in Portugal that has 18.000 people. This village is basically known by a peaceful place to live, with an amazing history and monuments, some that deserves better attention to the authorities like Quinta de Vale Flores….
Ler mais…

elDatadorArboles
El datador de árboles

El portugués José Luis Lousada patenta una fórmula para garantizar la edad de olivos y castaños milenarios…..
Ler mais…